Exposição de Takashi Murakami no Palácio de Versalhes - Foto: Divulgação

É isso mesmo.

Depois de abrigar, em 2008, uma exposição de Jeff Koons e, em 2009, uma de  Xavier Veilhan, o símbolo da nobreza ocidental está tomado por obras de Takashi Murakami. O contraste entre o excesso de cores das peças e a arte ocidental clássica do Palácio de Versalhes, transformado em museu em 1837, cria uma ponte entre o passado e o presente, na visão do artista.

A exposição vai de 14 de setembro a 12 de dezembro e conta com 22 obras  (11 inéditas) de Murakami, incluindo esculturas, pinturas e uma série de luminárias.

Resta saber o que diria Luis XIV sobre a iniciativa.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixar um comentário

Não há comentários nessa página ainda. Vamos começar essa conversa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *