Por ser uma data tão singela e, ao mesmo tempo, extremamente comercial, o Natal não parece combinar com guitarras, baixos e baterias. No entanto, ao longo da historia do rock’n’roll, inúmeras referências foram feitas ao dia 25 de dezembro – mesmo que nem todas possam ser consideradas homenagens.

Resolvemos fazer uma relação de inesquecíveis rocks natalinos que todos conhecem (ou deveriam conhecer). Alguma ficou de fora? Certamente, já que a lista tem apenas cinco canções. E aí, qual ficou faltando?

Um feliz Natal da equipe do Nonada a todos os seus leitores. E que 2011 seja repleto de bons discos, shows, filmes, peças, games, quadrinhos, exposições…

5) “Papai Noel, Velho Batuta” (Garotos Podres)

Na verdade, não se trata exatamente de uma homenagem, e sim a uma crítica simples e direta ao consumismo despertado nas pessoas durante esta época do ano. “Presenteia os ricos, cospe nos pobres”é a frase que melhor representa este clássico do punk rock brasileiro. Gravada no álbum Mais Podres do que Nunca, a música ganharia uma versão do Ratos de Porão com “filho da puta” no lugar de “velho batuta” – na verdade, essa era a letra original dos Garotos Podres, mas os caras tiveram que alterar para driblar a censura. Veja aqui


4) “Don’t Shoot me Santa” (The Killers)

Na série de canções natalinas que não podem ser levadas a sério, está esta sensacional homenagem de Brandon Flowers e companhia ao Papai Noel. No momento de mostrar que foi um bom menino, o protagonista do clipe não está tentando convencer o velho de que merece ganhar um presente, e sim que merece ter sua vida poupada… Prepare-se para boas risadas.Veja aqui


3) “Merry Christmas (I Don’t Want To Fight Tonight)” (Ramones)

Outro clipe que pretendia ser engraçadinho, mas que esbarra na tosqueira e nas piadas forçadas. No entanto, aqui o que realmente importa é a música: o rock alegre e energético do quarteto de Nova York fica ainda mais legal com a interpretação emocionada do falecido Joey Ramone. No final das contas, acabou se tornando uma das faixas mais conhecidas do álbum Brain Drain, de 1989. Veja aqui


2)
“Jingle Bell Rock” (Bobby Helms)

Quem nunca ouviu essa música? Olhando o nome do cantor você pode até pensar que não, mas basta escutar os primeiros segundos de “Jingle Bell Rock” para reconhecê-la como uma das canções de Natal mais famosas da história. Esse megahit dos anos 50 foi gravado por inúmeros artistas, de Arcade Fire a Kylie Minogue, passando por Billy Idol e Jessica Simpson. Veja aqu

 

1) “Happy Xmas (War Is Over)” (John Lennon)

Provavelmente a canção pop natalina mais famosa de todos os tempos. Lindo single de Natal gravado por Lennon, Yoko e a Plastic Ono Band, se tornou um dos maiores sucesso do ex-beatle. Mesmo nesta faixa aparentemente festiva, o caráter pacifista do compositor se sobressai – o “War is Over” do subtítulo é uma referência à Guerra do Vietnã, que ainda duraria alguns anos mais. Infelizmente, a canção sofreu um esgotamento no Brasil nos últimos anos, muito graças aos lojistas, que insistem em tocar a entediante versão da cantora Simone, “Então é Natal”, durante o mês de dezembro inteiro. Veja aqui

 

<! st1\:*{behavior:url(#ieooui) } –>

 

 

Natal é época de rock? Confira algumas das melhores canções natalinas da música pop

 

Por ser uma data tão singela e, ao mesmo tempo, extremamente comercial, o Natal não parece combinar com guitarras, baixos e baterias. No entanto, ao longo da historia do rock’n’roll, inúmeras referências foram feitas ao dia 25 de dezembro – mesmo que nem todas possam ser consideradas homenagens.

 

Resolvemos fazer uma relação de inesquecíveis rocks natalinos que todos conhecem (ou deveriam conhecer). Alguma ficou de fora? Certamente, já que a lista tem apenas cinco canções. E aí, qual ficou faltando?

 

Um feliz Natal da equipe do Nonada a todos os seus leitores. E que 2011 seja repleto de bons discos, shows, filmes, peças, games, quadrinhos, exposições…

 

5) “Papai Noel, Velho Batuta” (Garotos Podres)

 

Na verdade, não se trata exatamente de uma homenagem, e sim a uma crítica simples e direta ao consumismo despertado nas pessoas durante esta época do ano. “Presenteia os ricos, cospe nos pobres”é a frase que melhor representa este clássico do punk rock brasileiro. Gravada no álbum Mais Podres do que Nunca, a música ganharia uma versão do Ratos de Porão com “filho da puta” no lugar de “velho batuta” – na verdade, essa era a letra original dos Garotos Podres, mas os caras tiveram que alterar para driblar a censura.

 

4) “Don’t Shoot me Santa” (The Killers)

 

Na série de canções natalinas que não podem ser levadas a sério, está esta sensacional homenagem de Brandon Flowers e companhia ao Papai Noel. No momento de mostrar que foi um bom menino, o protagonista do clipe não está tentando convencer o velho de que merece ganhar um presente, e sim que merece ter sua vida poupada… Prepare-se para boas risadas.

 

3) “Merry Christmas (I Don’t Want To Fight Tonight)” Ramones

 

Outro clipe que pretendia ser engraçadinho, mas que esbarra na tosqueira e nas piadas forçadas. No entanto, aqui o que realmente importa é a música: o rock alegre e energético do quarteto de Nova York fica ainda mais legal com a interpretação emocionada do falecido Joey Ramone.

 

2) “Jingle Bell Rock” (Bobby Helms)

Quem nunca ouviu essa música? Olhando o nome do cantor você pode até pensar que não, mas basta escutar os primeiros segundos de “Jingle Bell Rock” para reconhecê-la como uma das canções de Natal mais famosas da história. Esse megahit dos anos 50 foi gravado por inúmeros artistas, de Arcade Fire a Kylie Minogue, passando por Billy Idol e Jessica Simpson.

1) “Happy Xmas (War Is Over)” (John Lennon)

Provavelmente a canção pop natalina mais famosa de todos os tempos. Lindo single de Natal gravado por Lennon, Yoko e a Plastic Ono Band, se tornou um dos maiores sucesso do ex-beatle. Mesmo nesta faixa aparentemente festiva, o caráter pacifista do compositor se sobressai – o “War is Over” do subtítulo é uma referência à Guerra do Vietnã, que ainda duraria alguns anos mais. Infelizmente, a canção sofreu um esgotamento no Brasil nos últimos anos, muito graças aos lojistas, que insistem em tocar a entediante versão da cantora Simone, “Então é Natal”, durante o mês de dezembro inteiro.

 

 

 

 

 

 

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

3 comentários sobre “Natal é tempo de rock? Confira cinco belas canções natalinas pop

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *