A mostra ocorre de 23 a 30 de abril nas principais salas alternativas de Porto Alegre (Crédito - Divulgação)

Com a proposta de exibir um circuito alternativo de cinema, a sétima edição do CineEsquemaNovo (CEN 2011) selecionou os 12 longa-metragens e os 27 curtas e médias que participarão da mostra competitiva este ano. Esta é a maior mostra do festival que ocorre entre os dias 23 e 30 de abril. As sessões são gratuitas e ocorrem em horários alternados e em diversos espaços de Porto Alegre.

As obras escolhidas foram enviadas no formato de DVD ou online oriundos de diversas partes do Brasil e do exterior. No total, a organização do CEN 2011 recebeu 82 longas e 827 curtas e médias. Serão exibidos três longas inéditos, além de diversos trabalhos premiados. Os filmes serão submetidos a um júri composto de cineastas e jornalistas. As sessões sempre são acompanhadas de debates sobre as obras, contando inclusive com a presença de realizadores.

Segundo o blog do festival, além da exibição de filmes, outras atividades estarão a disposição do público. Será exibida a videoinstalação “Expiração 02”, de autoria do artista mineiro Pablo Lobato, que visa discutir a materialidade da imagem. Outra atração será a mostra Panorama Internacional de Festivais, que consiste em programas especiais de festivais europeus de cinema, vídeo, artes visuais, media art e cultura digital. Por fim, será promovida uma exposição de fotografias e vídeos, com trabalhos de realizadores que buscam tangenciar a ficção e o documentário em suas obras.

O CEN ocorre na na Usina do Gasômetro, no Cine Santander Cultural, no Cine Bancários e na Atelier Subterrânea. A entrada é franca, tanto para a mostra quanto para os debates.

Abaixo,  videos com os longas e curta-metragens selecionados:

Longas selecionados para o CEN 2011

Curtas e médias selecionados para o CEN 2011

Link para o blog do CEN 2011: http://cineesquemanovo.wordpress.com

 

 

 

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixar um comentário

Não há comentários nessa página ainda. Vamos começar essa conversa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *