O que poderia ser melhor que as autobiografias dos integrantes dos Stones, para um fã da banda? A biografia da banda, assinada por Mick Jagger, Keith Richards, Charlie Watts e Ron Wood, juntos. É isso que promete o livro According to the Rolling Stones, lançado agora no Brasil pela Cosac Naify. Publicada originalmente em inglês em 2003, a obra foi feita em coautoria com o jornalista Philip Dodd e a relações públicas amiga da banda, Dora Loewenstein.

Preocupados, agora mais do que quando alcançaram os primeiros sucessos, nos anos 70, com a imagem da banda, os músicos não revelam as histórias mais cabeludas. O envolvimento de Keith, Mick e o ex-stone Brian Jones com a atriz italiana Anita Pallenberg, por exemplo, é apenas mencionado. O grande diferencial é a abertura dos 12 capítulos do livro: textos de pessoas que conviveram com os quatro. Figuras como Ahmet Ertegun, fundador da Atlantic Records, e o produtor Marshall Chess, herdeiro dos famosos estúdios Chess de Chicago.

As entrevistas com os integrantes do grupo  foram feitas por Dodd e Dora durante a turnê Forty licks, em 2002 e foram sugestão da própria banda. Sem isso, afirma o autor, o livro não poderia ter sido lançado. Ilustrado por mais de 300 imagens, muitas delas raras, a publicação já nasce item obrigatório na estante de qualquer roqueiro que mereça o título. Os quase 50 anos da banda de rock mais antiga em atividade não podem ser ignorados. Leiam, jovens, e aprendam como se faz rock’n’roll de verdade.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixar um comentário

Não há comentários nessa página ainda. Vamos começar essa conversa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *