Benedict Cumberbatch é Julian Assange em filme sobre o Wilikeaks (Crédito: Divulgação)

Em sua 37ª edição, o  Festival de Toronto começou nessa terça-feira, dia 5 de setembro, trazendo filmes sobre personalidades como Julian Assange, Nelson Mandela e Jimi Hendrix. Ao invés de eleger um júri internacional para votar nos melhores filmes, como fazem os festivais de Cannes e Veneza, quem escolhe os títulos a serem premiados é o próprio público, que pode comprar ingresso e participar das sessões. Lembrando que o festival tem fama de fornecer boas pistas das produções que podem se dar bem no Oscar. No ano passado, “Argo” e “O Lado Bom da Vida” foram destaques no evento e, meses depois, ganharam estatuetas da Academia .

O filme de abertura foi “O Quinto Poder” , que conta a história do site WikiLeaks e de seu fundador, Julian Assange. O encerramento ficará com “Life of Crime”, baseado no livro de Elmore Leonard que é um “prequel” de “Jackie Brown”, de Quentin Tarantino.  Serão 366 produções, entre elas, 146 estreias exibidas em 11 dias. O festival vai até o dia 15 de setembro. 

Confira alguns dos principais concorrentes: 

“O Quinto Poder”, de Bill Condon. É baseado no livro escrito pela ex-braço direito de Assange, Daniel Domscheit-Berg, que se juntou ao ativista australiano em 2007. Os dois trabalharam para tornar o site uma das mais poderosas ferramentas de informação, o que culminou no maior vazamento de documentos secretos da história dos Estados Unidos. O filme traz Benedict Cumberbatch, o Sherlock Holmes da série Sherlock, no papel de Julian Assange , o fundador do site WikiLeaks. 

“Dallas Buyers Club”, de Jean-Marc Vallée. Traz a história de Ron Woodroof, um eletricista do Texas cuja batalha contra o setor farmacêutico ajuda pacientes com HIV e aids a ter acesso a tratamento. Quem o interpreta é Matthew McConaughey, que passou por uma grande mudança física para o papel. 

“Long Walk to Freedom”, de Justin Chadwick Adaptação da autobiografia do ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela. É produzido por Anant Singh, que começou a conversar com o sul-africano sobre a possibilidade de levar sua história ao cinema quando ele ainda estava na prisão O papel principal ficou com Idris Elba. 

“12 Years a Slave”: Conta uma história real ambientada nos Estados Unidos pré-Guerra Civil, quando o negro livre Solomon Northup foi sequestrado e vendido como escravo. No elenco também estão Michael Fassbender e Brad Pitt. 

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments