O Nonada – Jornalismo Travessia inaugura hoje um guia semanal de atrações culturais de Porto Alegre. Nos nossos roteiros, damos prioridade a artistas e eventos independentes e acessíveis, que procuram refletir a diversidade cultural brasileira e cujas produções buscam representar e problematizar questões sociais. Confira a seguir as sugestões desta semana:

Banda MOIO de graça no Groovaholic 

(Foto: Danilo Christidis)
(Foto: Danilo Christidis)

O repertório da banda transita entre temas instrumentais autorais e releituras de músicas das mais variadas vertentes. No show, o público poderá apreciar uma versão moderna “groovada” de “Corta Jaca”, um choro clássico de Chiquinha Gonzaga, e logo em seguida uma releitura de “Get Up Stand Up”, de Bob Marley. A improvisação autoral dos músicos também está prevista. O evento faz parte do projeto Homenagem ao Jazz, financiado pelo Pró-cultura RS. Sexta-feira, 13 de janeiro, às 20h. No Groovaholic (rua Miguel Tostes, 263). Gratuito.

Slam das Minas 

Nascido nas periferias, o slam é uma batalha de poesias, com edições em vários países. Em Porto Alegre, o Slam das Minas é organizado pelo grupo Rap4love. Esta edição traz uma homenagem a Lady Pink, grafiteira pioneira nascida em 1964 no Equador e criada nos Estados Unidos. Sábado, 14 de janeiro, a partir das 18h. Na Praça da Matriz. Gratuito.

Bailei na Curva 

(Foto: Emílio Speck)
(Foto: Emílio Speck)

Há mais de 30 anos em cartaz em Porto Alegre, Bailei na Curva mostra a trajetória de sete crianças, vizinhas na mesma rua em abril de 1964. Como pano de fundo, impõe-se uma forte realidade. Um golpe militar num país democrático da América Latina. A peça desenha, ao mesmo tempo, um quadro divertido e implacável da realidade. Divertido sob o ponto de vista da pureza e ingenuidade das personagens que, durante sua trajetória, enfrentam as transformações do final da infância, adolescência e juventude. Implacável, graças às consequências de um Golpe Militar que vai refletir na vida adulta destes personagens. Direção: Julio Conte. De 12 a 14 de janeiro às 21h e no dia 15 de janeiro às 20h. No Theatro São Pedro. Ingressos: R$ 30, com meia-entrada para idosos e estudantes.

Deriva-se 

Mostra fotográfica da artista gaúcha Charlene Cabral. A fotógrafa propõe-se a uma temporada de vivência intensiva da geografia de Porto Alegre, cidade onde vive, em uma tentativa de conciliar a condição de turista-limitado com a de flâneur-do-impossível.  Até 22 de janeiro (de terça a sexta-feira, das 10h às 19h; sábado, das 10h às 20h; e domingo, das 10h às 18h). Na Galeria Ecarta (Av. João Pessoa, 943). Gratuito.

Afroflix 

Imagem do filme Mwany (Foto: reprodução)
Imagem do filme Mwany (Foto: reprodução)

Plataforma colaborativa que disponibiliza conteúdos audiovisuais online com áreas de atuação técnica/artística assinadas por artistas negros. São filmes, séries, web séries, programas diversos, vlogs e clipes. O Afroflix está estreando sua primeira produção original, Batalhas, sobre o dia em que o Theatro Municipal do Rio de Janeiro recebeu uma apresentação de funk pela primeira vez na história. Gratuito.

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments