Desde 2010, por meio de reportagens, entrevistas e resenhas críticas, continuamos aprendendo e descobrindo novas formas de cultura. Cultura popular, cultura LGBTQI, cultura feminista, cultura quilombola. O Brasil é esse mosaico infinito de expressões, e é isso que buscamos conhecer cada vez mais e representar em nossas matérias. Cultura para além do sinônimo estrito de obra artística. Cultura como o conjunto de elementos que representam as mais variadas formas de viver. Cultura com viés social. Nonada é também a primeira palavra do livro Grande Sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa, autor que nos inspira na nossa travessia coletiva.

Além disso, também promovemos sessões de filmes e saraus gratuitamente pela cidade de Porto Alegre. Este ano, queremos lançar oficinas populares pra quem quer aprender mais sobre jornalismo alternativo e cultura e o financiamento no catarse pode nos ajudar.

Precisamos de recursos para manter a hospedagem do site, além de dar continuidade às nossas reportagens aprofundadas com foco em cultura e direitos humanos. É possível contribuir com apenas R$5 por mês! Você pode assinar e contribuir com o cartão de crédito todo mês ou então escolher uma quantia e gerar um boleto.

Com os recursos arrecadados na campanha, que serão depositados na nossa conta poupança, vamos pagar a hospedagem do site (R$50/mês) e a taxa do Catarse (R$26/mês). O restante será utilizado para transporte da equipe de reportagem, com todos os investimentos publicados na página de transparência do site.

Clique aqui e colabore!

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments