Foi durante o curso de Jornalismo que Mariana viu a possibilidade de trabalhar como fotógrafa, apesar de gostar desde criança de estar por trás das lentes das câmeras. Estudante da UFRGS, a simpática moça de cabelos vermelhos desenvolveu o interesse pelo processo fotográfico nas salas de revelação da faculdade.

 

O aperfeiçoamento e estudo sobre as técnicas relacionadas veio como consequência. Desde o início do Nonada ela com sua câmera vêm construindo as postagens junto aos repórteres, imprimindo nelas os seus ângulos particulares sobre os assuntos.

 

A sua mais recente descoberta é o prazer por clicar espetáculos, que começou com a cobertura de uma peça teatral para o site. Hoje ela fotografa também shows de música. “Estas pautas são muito expressivas, gosto de captar cenas de extrema emoção, brincando com as luzes e sombras da iluminação de palco”, conta. No caso dos shows, não importa se estiverem lotados: ela enfrenta as cotoveladas dos fãs das bandas e chega até os melhores pontos para fotografar.

 

Mas não é só de fotografia que Mariana gosta. A sua aproximação maior é com o assunto da preservação ambiental. Foi a vontade de conscientizar as pessoas sobre a situação do meio-ambiente através da comunicação social que a impeliu a fazer o curso de Jornalismo. Hoje ela trabalha como assessora de imprensa em uma Ong especializada na questão do transporte, lidando com comunicação visual.

 

Twitter: @marigilcarneiro

Editora de Fotografia

Email:

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Deixar um comentário

Não há comentários nessa página ainda. Vamos começar essa conversa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *