O Nonada está em busca de jornalistas freelancers com interesse em escrever sobre cultura. Apoiamos e incentivamos candidaturas negras, indígenas e/ou trans e não-binárias. No momento, aceitamos pautas inéditas para a realização de reportagens ou entrevistas que contemplem os seguintes eixos temáticos:

  1. políticas públicas de cultura no Brasil
  2. intersecções entre arte, censura e direitos humanos
  3. comunidades e povos tradicionais
  4. risco ao patrimônio cultural material e imaterial 

Os colaboradores selecionados contarão com o apoio da nossa equipe de edição. As entrevistas deverão ter um mínimo de 8 perguntas, com remuneração de R$ 300, e deverão ser entregues no formato pergunta-resposta. Já as reportagens precisam ter, pelo menos, 6 mil caracteres, sem limite máximo, com remuneração de R$ 500

Antes de enviar, pedimos que você dê uma olhada no nosso site para ver as reportagens e entrevistas já publicadas recentemente. Nossa equipe vai avaliar as pautas conforme os seguintes critérios: ineditismo, relevância, diversidade e experiência na área.

Se tiver dúvidas, escreva para thais.seganfredo@nonada.com.br

Para se inscrever, preencha o formulário abaixo. 

%d blogueiros gostam disto: