O escritor e jornalista já ganhou dos importantes prêmios literários esse ano.

O jornalista e escritor Edney Silvestre ganhou ontem o prêmio Jabuti de melhor romance e já larga na dianteira como o autor mais premiado do ano – também venceu o Prêmio São Paulo de Literatura na categoria de romancista estreante. Se eu Fechar os Olhos, romance de Edney deixou para trás escritores como Chico Buarque e a obra Leite Derramado, em segundo lugar, seguido de Os Espiões de Luís Fernando Veríssimo.

Jornalista e apresentador do conhecido programa Espaço Aberto Literatura no canal de televisão a cabo Globo News – onde já entrevistou vários autores famosos –, ele já havia publicado também os livros Dias de Cachorro Louco, Outros Tempos e Contestadores.

A trama de Se eu Fechar os Olhos gira em torno de Eduardo e Paulo, de apenas 12 anos, que encontram o corpo de uma bela mulher, morta e mutilada às margens de um lago, numa pequena cidade da antiga zona do café fluminense. Assustados, eles vão à polícia, onde acabam sendo tratados como suspeitos.  São libertados pouco depois, quando o marido da vítima confessa o crime. Entretanto, a indiferença da polícia e a falta de lógica da explicação oficial para o crime intrigam os rapazes que começam uma investigação, à qual um comunista velho e misterioso se une.

Segue a lista dos vencedores do Prêmio Jabuti  em romance, poesia e conto:

Romance

Se eu Fechar os Olhos, Edney Silvestre (Record)
Leite Derramado, Chico Buarque (Companhia das Letras)
Os Espiões, Luis Fernando Veríssimo (Objetiva)

Poesia
Passageira em Trânsito, Marina Colasanti (Record)
Sangradas Escrituras, Reynaldo Jardim Silveira (Star Print)
Lar, Armando Freitas Filho (Companhia das Letras)

Contos e crônicas
Eu Perguntei pro Velho se ele Queria Morrer (e Outras Histórias de Amor), José Rezende Jr. (7Letras)
A Máquina de Revelar Destinos Não Cumpridos, Vário do Andaraí (Dimensão)
Paulicéia Dilacerada, Mario Chamie (Funpec)

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments

Jornalista, mestrando em Comunicação na Ufrgs e Editor-Fundador do Nonada – Jornalismo Travessia. Acredita nas palavras e nas pessoas. Twitter: @rafaelgloria

Deixar um comentário

Deixar um comentário

Não há comentários nessa página ainda. Vamos começar essa conversa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *