Capa de O Beijo Adolescente, a primeira temporada

O quadrinhista Rafael Coutinho está tentando financiar a segunda temporada de O Beijo Adolescente através de financiamento coletivo (também conhecido como crowdfunding). A primeira temporada da série foi publicada no site do provedor IG e ganhou uma edição impressa independente, pelo selo Cachalote.

Como essa primeira temporada teve um ótimo retorno do público (todos os exemplares foram vendidos dentro de seis meses), Coutinho quer dar continuidade à série, desta vez de forma completamente independente. O formato será o mesmo: inicialmente uma versão webcomic e depois a versão impressa. O autor está buscando apoio do público através do Catarse, site de financiamento colaborativo em que o projeto tem uma página.

Para quem não sabe como funciona, o crowdfunding é um método de financiamento possibilitado pela internet, que corta o intermediário (empresas, editoras, gravadoras, estúdios), unindo o artista diretamente ao seu público. Quem apoia um projeto, pode virar financiador dele, doando uma quantia através de sites como o Catarse. Cada projeto costuma ter uma meta a ser cumprida, e cada financiador ganha vantagens e privilégios dependendo da colaboração feita ao projeto.

O Beijo Adolescente é uma gangue de garotos que desenvolvem poderes especiais ao darem seu primeiro beijo. A série conta a história de Ariel, um “moleque de 12 anos” que desenvolve esses poderes quando dá seu primeiro beijo e não entende como aquilo aconteceu. Ele é apresentado ao Beijo Adolescente por Tomás, que, estando a poucos dias dos 18 anos, quando irá perder seus poderes e ser expulso da gangue. Ariel vai descobrindo isso e tendo que lidar com seus novos poderes e os outros garotos, enquanto jovens vêm sendo mortos, sem explicação, em diversos locais da cidade. 

No caso do projeto de Coutinho, para colaborações acima de R$50,00, já se ganha a edição impressa em casa, autografada pelo autor. Outras recompensas existem, maiores ou menores, proporcionais ao valor doado ao projeto (de dez a cinco mil reais). Quem quiser contribuir com a continuação dessa história ou saber mais sobre o projeto, pode acessar o site de O Beijo Adolescente clicando aqui. E você pode ler a primeira temporada aqui (embora seria melhor ter comprado a revista: a vizualização no site não é das melhores e a navegação é pior ainda – a primeira página é a última da lista. Ainda assim, vale a pena!).

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments