Famosa foto ajudou a revelar os horrores da guerra (Crédito:Nick Ut)

 

Dia oito de junho de 2012 completou 40 anos da famosa fotografia “Menina do Napalm”, um dos grandes símbolos dos estragos da guerra do Vietnã. A menina da foto, Kim Phuc, na época tinha apenas nove anos de idade quando um avião do exército sul-vietnamita bombardeou o pequeno povoado de Trang Bang, próximo de Ho Chi Minh, em um ataque coordenado pelo exército estadunidense que tratava de controlar a área. Mais tarde, os militares norte-americanos à frente da operação explicariam que os relatórios indicavam que não havia civis na cidade.

 A imagem chocante da criança correndo por uma estrada, tentando escapar do bombardeio está gravada profundamente na memória e no imaginário de gerações.

O fogo das bombas alcançou 1,2 mil graus, queimou as roupas de Minh, causando queimaduras em 65% do seu corpo, especialmente nas costas e no braço esquerdo. Então, ela saiu correndo pela estrada, gritando e com o rosto em lágrimas – momento imortalizado pela câmera do fotógrafo vietnamita Nick Ut. Após a Guerra do Vietnã, Kim Phuc foi convidada pelo Governo comunista do país para diversas campanhas. Após criar uma boa relação com as autoridades, a jovem conseguiu uma permissão para estudar medicina em Cuba, onde aprendeu um pouco de espanhol e conheceu seu marido.

Há 15 anos é embaixadora de Boa Vontade da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments