...

Um estudo realizado pelo Observatório da Economia Criativa da Bahia avaliou os impactos da covid-19 na cadeia produtiva da cultura no Brasil. Os resultados, revelados esta semana, apontam que a maioria dos profissionais recebe até três salários mínimos mensais e que 31,5% trabalham mais de 45 horas semanais. As reservas financeiras de 71,2% dos indivíduos

Thaís Seganfredo Foto: Joel Vargas / PMPA Números divulgados pela Nielsen e pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) esta semana confirmam um cenário pessimista, que já era esperado pelo mercado editorial: o faturamento do setor no país caiu 47,6% em abril, deixando de vender R$60 milhões em comparação com os dados de março.

por Cafira Zoé (Teatro Oficina Uzyna Uzona) esta carta se chamaria manifesto, mas foi preciso chamá-la carta, para driblar as seduções das ferramentas de lacração ego-exposto discursivas: essa nova estética para falar nesse tempo que tem nos afetado e não conseguiu se dissolver em meio a epidemia mundial que pede: aliança. com esta carta não fazemos

Thaís Seganfredo Ilustração: Joana Lira Sem conseguir diálogo com o governo Federal, ativistas do setor cultural articulam com o Congresso Nacional uma mobilização por um dos projetos de lei em tramitação na Câmara dos Deputados para pedir socorro à cultura, conforme o Nonada noticiou nesta matéria. Entre os projetos em andamento, a mobilização é pelo

Foto – Francisco Gick/Move Exmo. Sr. Eduardo Leite, Governador do Estado do Rio Grande do Sul Exmo. Sr. Nelson Marchezan, Prefeito de Porto Alegre Exma. Senhora Beatriz Araújo, Secretária de Estado da Cultura Exmo Sr. Luciano Alabarse, Secretário Municipal da Cultura ASSUNTO: Trabalhadores da Cultura propõem soluções para diminuir o rombo na economia criativa. A

Thaís Seganfredo Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil Embora país esteja lutando para conter o novo coronavírus (Covid-19) e garantir o sustento das famílias na quarentena, o setor cultural trava uma guerra particular. Com espaços fechados e eventos cancelados desde a primeira quinzena de março, artistas e demais fazedores de cultura estão praticamente sem recursos há quase

(Com informações da Agência Brasil) Ilustração: Joana Lira Enquanto a secretária especial de Cultura, Regina Duarte, passa seu tempo entre lives e publicações no instagram sem qualquer fala relativa à crise no setor cultural causada pelo novo coronavírus (Covid-19), órgãos federais e entidades representativas anunciaram nesta semana as primeiras medidas para amenizar o impacto no

Thaís Seganfredo Foto: Hozana Lima Lançamentos adiados, espetáculos cancelados e um número ainda incontável de artistas e demais profissionais da cultura sem nenhuma renda de um dia para o outro. Ainda que não haja estimativas precisas do impacto econômico da crise causada pelo novo coronavírus (Covid-19) para a área cultural no Brasil, especialistas avaliam que