...

Fotorreportagem: o tsunami que tomou as ruas pela Educação

Milhares de brasileiros foram às ruas nessa quarta-feira (15), no primeiro ato nacional contra o governo de Bolsonaro. Convocado pela União Nacional dos Estudantes e apoiado por entidades de classe e movimentos sociais, os atos tiveram como mote o corte de 30% nos investimentos no Ensino Superior público, que foi precedido por falas do ministro da Educação, o olavista Abraham Weintraub, que acusou universidades de promoverem “balbúrdia”, em uma retórica contra as áreas de ciências sociais e humanidades. As falas das lideranças manifestaram repúdio ao governo, apoio à Ciência e à Educação e também foram contra a reforma da Previdência.

Em Porto Alegre, a manifestação ocorreu durante todo o dia, com maior adesão no ato das 18h. Liderados pelos movimentos estudantes, os estudantes saíram do pátio da Faculdade de Educação até a Esquina Democrática, onde se encontraram com com outros manifestantes. O ato reuniu milhares de pessoas.

Confira abaixo a fotorreportagem de Carol Ferraz:

Foto: Carol Ferraz/Nonada
Foto: Carol Ferraz/Nonada
Foto: Carol Ferraz/Nonada
Foto: Carol Ferraz/Nonada
Foto: Carol Ferraz/Nonada
Foto: Carol Ferraz/Nonada
Ler mais sobre
humanidades política protesto
Ler mais sobre
Direitos humanos Entrevista

“O movimento feminista demorou para valorizar Lélia Gonzalez”, diz neta da intelectual

Direitos humanos Reportagem

Apagão de dados e ausência de leis de cotas promovem desigualdade racial nos serviços públicos municipais

Coberturas Comunidades tradicionais

Zico Werá: “Vivemos em um país invadido pelos juruás enquanto sofremos em beiras de estradas”