...

*inscrições prorrogadas até 20 de dezembro O Nonada – Jornalismo Travessia, o Jornalismo B e a Anú – Laboratório de Jornalismo Social acabam de lançar em conjunto o primeiro concurso de reportagem promovido por mídias alternativas do Rio Grande do Sul. A iniciativa vai premiar reportagens inéditas em texto nas categorias Direitos Humanos e Cultura.

por Marcelo Martins* O melhor argumento contra o a Dia Nacional da Consciência Negra, o 20 de novembro, aliás, corrijo – o meu argumento favorito, é o apelo à consciência humana: universal, neutra, benevolente. É o que somos; humanos. Sem nada que nos separe, diminua ou distinga. O argumento do mundo ideal onde também os

Fotos: Otávio Fortes Esta sexta-feira foi movimentada na cena cultural de Porto Alegre. Enquanto Djamila Ribeiro e Joanna Burigo falavam sobre feminismo, aborto, educação, representatividade e lugar de fala dentro da Feira do Livro, poucos integrantes do MBL se preparavam para, duas horas depois, cumprirem a primeira missão fascista que devem estar planejando para os

Foto: Josué Monteiro Existe literatura para além do cânone empoeirado da academia. Pelo segundo ano consecutivo, vai ter Sarau dos Não Lidos dentro da programação voltada ao EJA na Feira do Livro de Porto Alegre. Poetas e slammers apresentam seus poemas independentes do mercado editorial tradicional. Arte, luta, educação e resistência! O sarau acontece às 19h,

por Leandro Melito, Ana Elisa Santana e Sueli de Freitas, da Agencia Brasil Confira aqui o especial completo produzido pela EBC Em outubro de 2017, o movimento artístico que ficou conhecido como Tropicália completa 50 anos. A apresentação das músicas Alegria, Alegria e Domingo no Parque, em 21 de outubro, durante a final do III Festival

Maçambique de Osório (Foto: Francisco Cadaval/Gema) Morador da aldeia Tekoa Guaviraty Porã, Vherá Poty tenta explicar em poucas palavras a complexidade da música de seu povo mbya-guarani: “Cada criança tem sua própria melodia, que a gente chama de ‘som da vida’. Não chamamos de música, mas sim de conselhos ou palavras entoadas”. A declaração é

Imagem: obra de Nino Cais por Afonso Medeiros, Doutor em Comunicação e Semiótica e professor da Universidade Federal do Pará* Em cartaz desde 14 de agosto no Santander Cultural de Porto Alegre, a exposição Queermuseu – cartografias da diferença na arte brasileira foi fechada pela própria instituição que a promove um mês antes de seu