...

Rafael Gloria* Foto: Tânia Meinerz/Gazeta de Rosário Em seu cartão de visita, Oliveira Silveira se definia como pesquisador da cultura afro-brasileira e escritor de literatura negra. Falecido no dia 1 de janeiro de 2009, o poeta, professor e intelectual, com grande trabalho dentro do movimento negro (foi um dos idealizadores do Dia da Consciência Negra),

Thaís Seganfredo Capa: montagem com obras de Rosana Paulino Embora evite rótulos e “classificações uniformes”, a próxima edição da Bienal do Mercosul aponta seu leme em direção ao feminismo. A palavra, uma das mais discutidas, cooptadas e divididas dos últimos anos, pode não fazer jus a complexidade de seu significado, mas serve para entender o

Se Jair Bolsonaro entrasse em uma sala de cinema que estivesse exibindo Bacurau, sairia no mínimo horrorizado. Afinal, como pretende nossa utópica Constituição, todo o poder emana do povo no sertão de Bacurau, povoado calcado na força, na diversidade, na cultura. O longa é muitos filmes em um só, inclusive um ensaio-manifesto contra a violência

Reportagem: Thaís SeganfredoFoto:Invasão, de Jaime Laureano Para que(m) serve um mapa? Representação gráfica que teve seu advento pelas mãos dos colonizadores, a cartografia é cada vez mais uma ferramenta de resistência e de transformação social com grande potencial. Com essa premissa,  um grupo de geógrafos, artivistas e outros profissionais se uniram na Alemanha para compilar

por Glauber Cruz e  Thayse Ribeiro Façamos um exercício respondendo a duas perguntas: a quantos filmes africanos você já assistiu? Caso tenha visto algum, ou mais de um, qual era a sua nacionalidade? Caso a resposta da primeira pergunta seja algo que indique mais do que os dedos de uma mão e a da segunda indique